Footnager: E se, o Campeonato Brasileiro seguisse o calendario europeu?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Footnager: E se, o Campeonato Brasileiro seguisse o calendario europeu?

Mensagem  Football Legends em 17/9/2015, 9:27 pm

Muito se discute sobre a possibilidade de adequar o calendário brasileiro ao europeu. Opiniões à parte, confira quais seriam os campeões brasileiros (desde o início da era dos pontos corridos) caso o futebol nacional seguisse o modelo utilizado pela maioria das ligas do planeta.



2003/2004 - Cruzeiro
Após não ter deixado pedra sobre pedra no Brasileirão de 2003, o Cruzeiro (comandado por Rivaldo) teria um pouco mais de dificuldades caso o modelo europeu fosse adotado. Ainda assim ficaria com o título, com 87 pontos ganhos. Três pontos atrás, o Santos terminaria na segunda colocação.

2004/2005 - Corinthians
O Campeonato Brasileiro de 2005 causaria ainda mais polêmica caso a competição fosse disputada com base no calendário europeu.

Embalado pelo excelente primeiro turno feito em 2004, o Peixe conquistaria o título mesmo após a boa ascensão corintiana na segunda parte da competição. No entanto, a descoberta do esquema de manipulação de resultados conhecido como “máfia do apito”, já em outubro de 2005 (pós o término do campeonato), faria com que 11 jogos apitados pelo arbitro Edilson Pereira de Carvalho fossem anulados e disputados novamente. Um desses jogos seria justamente a vitória do campeão Santos sobre o vice-campeão Corinthians, na reta final da temporada, por 4 a 2.

A decisão da justiça faria com que a partida fosse praticamente uma final de campeonato, já que uma vitória do Corinthians garantiria o título brasileiro ao clube, meses após o término do torneio.

Após estar vencendo por duas vezes e deixar o Corinthians empatar, um pênalti cometido por Zé Elias em Nilmar, colocaria a chance do título nos pés do meia Carlos Alberto. Na vida real, o jovem jogador converteu a cobrança para delírio da Fiel, e também da torcida santista, que invadiu o gramado após o meio-campo Giovanni chutar a bola na arquibancada, em protesto contra a atuação do árbtiro Cléber Abade. Nem as mais dramáticas tramas hollywoodianas seriam capazes de prever um final tão confuso, controverso e emocionante.

2005/2006 - Internacional
A disputa pelo título brasileiro da temporada 2005/2006 seria uma das mais emocionantes da história. Após liderar o primeiro turno, o Internacional perderia fôlego na última parte da competição e, por muito pouco, não cederia a liderança ao São Paulo. O Tricolor ficou apenas a um ponto de igualar o clube gaúcho, campeão com 75 pontos conquistados.

2006/2007 - São Paulo
O equilíbrio visto na edição anterior do Brasileirão não se repetiria na temporada 2006/2007. O ultra-eficiente São Paulo treinado por Muricy, conquistaria o título com 81 pontos, nada menos que 15 pontos à frente do Grêmio, segundo colocado.

2007/2008 - Flamengo
Vice-campeão no ano anterior, o Grêmio bateria na trave também na temporada 07/08. Mesmo após impressionantes 41 pontos no segundo turno, a equipe gaúcha foi superada pelo Flamengo. O Rubro-negro se sagraria campeão brasileiro pela quinta vez ao alcançar 74 pontos, três a mais que o Tricolor Gaúcho.

2008/2009 - São Paulo
Mesmo após a demissão do técnico Muricy Ramalho no meio da competição, o São Paulo venceria o Campeonato Brasileiro 08/09 com uma boa vantagem (84 pontos). O vice-campeão foi o Palmeiras, que mesmo sendo a melhor equipe do segundo turno do campeonato, somou apenas 68 pontos no certame.

2009/2010 - Cruzeiro
Seis anos após conquistar o primeiro título brasileiro disputado no sistema de pontos corridos (e calendário europeu), o Cruzeiro seria novamente campeão na temporada 09/10. Com 71 pontos, a equipe mineira terminou apenas dois pontos acima do více-campeão Fluminense, que teve a mesma pontuação que o Internacional, mas somaria duas vitórias a mais que os gaúchos. O título viria após uma heróica vitória por 3 a 2 contra o Palmeiras, fora de casa, contando com a ajuda do Fluminense, que foi derrotado pelo Guarani por 2 a 1, no Brinco de Ouro.

2010/2011 - Corinthians
Outra edição bastante equilibrada do Brasileirão “europeu” teria sido a da temporada 10/11. Após um primeiro turno impecável, o Grêmio deixaria novamente a taça escapar, e desta vez, com requintes de crueldade. Líder absoluto do primeiro turno, com 43 pontos, o Tricolor faria um segundo turno muito abaixo do nível apresentado anteriormente e perderia o título. O Corinthians de Mano Menezes, em uma arrancada impressionante, soma 68 pontos, um a mais que o Grêmio, e conquistaria o título na última rodada, mesmo perdendo para o rival Palmeiras, por 2 a 1, em Presidente Prudente.

2011/2012 - Fluminense
28 anos após ser liderado por Washington, Assis e companhia, a bonança chegaria novamente às Laranjeiras, e com duas rodadas de antecedência. O time comandado por Abel Braga seria campeão no estádio Independência, ao empatar com o Cruzeiro por 1 a 1. O Galo ficaria com o vice, a sete pontos do Tricolor Carioca.

2012/2013 - Grêmio
Após três vice-campeonatos na era “europeia” do Brasileirão, era chegada a hora do Tricolor Gaúcho tirar do peito o grito de campeão. A campanha gremista foi constante do início ao fim da competição, com respeitáveis 34 pontos conquistados em cada turno. A segunda colocação ficaria com o Cruzeiro, time que somou 64 pontos.

2013/2014 - Cruzeiro
Arrasador. Só um adjetivo deste porte para descrever o Cruzeiro da temporada 13/14. Com nada menos que onze pontos a mais que o segundo colocado São Paulo, o clube mineiro escrevia seu nome na história ao se tornar o primeiro tricampeão brasileiro da era “europeia”.

2014/2015 - Corinthians
Mais arrasador ainda foi o Corinthians na temporada seguinte. Campeão do primeiro e segundo turno o Corinthians garantiu o tri da era europeia com facilidades.

Foram considerados do primeiro torneio da era de pontos corridos (2013) até a ultima edição completa antes deste post. A classificação de títulos ficou:

TIME - TÍTULOS FICTÍCIOS (TÍTULOS REAIS)
Cruzeiro - 3 Títulos (3 Títulos)
Corinthians - 3 Títulos (2 Títulos)
São Paulo - 2 Títulos (3 Títulos)
Internacional - 1 Título (0 Títulos)
Flamengo - 1 Título (1 Título)
Fluminense - 1 Título (1 Título)
Grêmio - 1 Título (0 Títulos)
Santos - 0 Título (1 Título)

FONTE:
http://footnager.blogspot.com.br/2015/09/e-se-o-campeonato-brasileiro-seguisse-o.html

avatar
 
 
Football Legends
Idade : 2
Mensagens : 29
Data de nascimento : 21/05/2015
Localização : Internet

http://football-legends.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Footnager: E se, o Campeonato Brasileiro seguisse o calendario europeu?

Mensagem  MatheusPZ em 4/10/2015, 7:49 am

Acho que dificilmente o Cruzeiro 2013/2014 seria tão arrasador, com um calendário europeu, o campeonato brasileiro seria ainda mais visado pelo futebol europeu; o Cruzeiro enfraqueceria com o decorrer do campeonato pois a chance do clube perder os seus jogadores chaves na janela de inverno seria imensa.
avatar
 
 
MatheusPZ
Idade : 20
Mensagens : 1
Data de nascimento : 02/12/1996
Localização : Andirá-PR

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum